terça-feira, 26 de maio de 2009

NOVO DEPOIMENTO DE CLIENTE DO GRUPO SUPERA

Depoimentos como este e como os que temos no site www.gruposupera.com.br são uma maneira de tangibilizarmos o marketing de serviços, segue novo depoimento de uma rede de lojas de móveis e eletrodomésticos que em breve estará no nosso site.

"Em meados de 2007 nós da Móveis Lovo Ltda contratamos o Grupo SUPERA para treinamento de nossos colaboradores
e consultoria na área de marketing e padronização de nossas lojas, além destes trabalhos, outros foram desenvolvidos, como:
incentivos para os vendedores, campanhas de vendas, campanha de final de ano, convenção de vendas, comprador misterioso (onde podemos avaliar erros e acertos de nosso atendimento).
tivemos um crescimento em vendas muito acima do mercado e todos estes trabalhos foram executados pelo Eng Lorenzo Busato sempre com muito profissionalismo e dedicação.
Por estes e outros motivos estamos muito satisfeitos com o trabalho realizado e temos a certeza do retorno certo do investimento".
Ricardo André Lovo
Móveis Lovo

Neste cliente utilizamos: treinamentos intensivos em técnicas de vendas com simulações e filmagens individuais, convenção de vendas, avaliação de desempenho, pesquisa de clima organizacional, exercícios para estímulo da criatividade (dinâmicas, concurso de vitrines), cliente oculto, check list comercial e auditoria, calendário promocional, criação de campanhas para os funcionários, medição de indicadores (itens por venda por vendedor, vendas por vendedor, vendas por metro quadrado, entre outros), pesquisa de satisfação com clientes.

domingo, 24 de maio de 2009

MARKETING COM CRIATIVIDADE CUSTA POUCO!

Veja este exemplo de criatividade aplicada a uma propaganda, depois reflita como aplicar criatividade na divulgação de sua empresa. Você encontra este e outros vídeos no YouTube.

video

quarta-feira, 20 de maio de 2009

VALORAÇÃO DE DANO AMBIENTAL DA QUEIMADA DE CANAVIAL



por Dr. Georges Kaskantzis.
O meio ambiente transforma-se naturalmente com o tempo. As atividades culturais, econômicas e sociais do homem influenciam a evolução do meio ambiente e originam impactos benéficos e prejudiciais sobre o mesmo. Os impactos negativos são danos ambientais insignificantes ou significativos alteram os recursos naturais.
O dano ambiental acontece quando determinada ação, omissão ou atividade humana produz uma alteração desfavorável no sistema ambiental. O dano ambiental pode ser analisado por quatros aspectos: manifestação; efeitos; causas e agentes implicados. Esses aspectos são utilizados como referência para avaliar as implicações ecológicas e econômicas do dano ambiental.
As alterações que o dano ambiental causa no ambiente afetam o meio físico e o social. O dano social causa a perda de benefícios fornecidos pelos recursos naturais. O capital natural fornece à sociedade uma série de serviços ambientais, fluxos de matérias e de energia que garantem e melhoram o bem estar da população.
A valoração econômica do dano ambiental deve considerar dois componentes: o dano biofísico e o dano social. O dano biofísico diz respeito às alterações originadas no meio que provocam a deterioração das características dos recursos naturais. O dano social está relacionado aos prejuízos causados à sociedade pela perda ou redução dos bens e serviços ambientais fornecidos pelo capital natural.
Para determinar o dano biofísico é necessário avaliar o tipo da alteração provocada e sua relação com o meio afetado, considerando as suas características e composição no local e na região de influência do impacto. Assim, é necessário caracterizar o recurso afetado e avaliar o nível do seu estado de conservação antes e depois do dano.
A recuperação do estado inicial de conservação do recurso afetado pelo dano implica na execução de uma série de atividades que demandam tempo, materiais e mão de obra. Os custos financeiros desses insumos devem ser cobertos pelo causador da lesão e dependem da magnitude do impacto, do tempo de recuperação do recurso afetado e do nível de restauração desejado.
Para estimar os custos do dano social é necessário conhecer os benefícios que derivam do recurso afetado, antes e depois do dano, para então fazer a valoração econômica. Portanto, é necessário identificar os custos das atividades de recuperação necessárias para conduzir o sistema ambiental ao seu estado inicial de conservação.
As implicações sociais do dano estão relacionadas às perdas de benefícios que derivam dos recursos afetados e custos adicionais que incorrem sobre a população devido aos efeitos adversos decorrentes pela alteração do ambiente, tais como: tratamentos de saúde; perda de renda; de salário e de visitação.
Concluí-se que o dano ambiental provoca alterações desfavoráveis no meio ambiente, e para quantificá-lo é necessário conhecer as características do meio e fazer a contabilidade do capital natural, assim como, dos benefícios que fornece à sociedade. http://geo-kas.blogspot.com

Georges Kaskantzis Neto é professor associado da Universidade Federal do Paraná é atua na área de avaliação e
valoração de danos ambientais, perícia ambiental, análise de riscos, investigação de acidentes ambientais, indústria
do petróleo. Realiza estudos técnico, científicos e consultoria para empresas privadas e instituições públicas do país
e do exterior. kaska@ufpr.br

quinta-feira, 14 de maio de 2009

PALESTRAS MOTIVACIONAIS


O cara toca violão, levanta a galera, faz chorar e rir! Ótima para um teatro mas será que é bom para sua empresa?
Estive (e sempre que dá eu assisto) em uma palestra motivacional aonde o cenário era esse mesmo, no intervalo perguntava o que o pessoal estava achando da palestra (enquanto o palestrante vendia seus livros escrito em letras garrafais e com espaço quádruplo, sem falar nas gravuras de uma página inteira, ou seja uma meia dúzia de texto questionável), o que o pessoal me falava?
Adivinhem...
"Que ótimo!", "Fora de série", "Ele é um show" e por aí vai...

Na segunda parte da palestra o show continuava, tive que estourar balão pra ver se ganhava uma nota de vintão (R$ 20,00), e pular para não parecer chato.

Acho muito boa a movimentação corporal, deixar a emoção aflorar etc, mas ocasionalmente eu participava com uma pequena equipe de um cliente meu de consultoria em vendas, na semana seguinte pedi uma AVALIAÇÃO da palestra da seguinte forma:

Dei uma folha em branco para cada um e pedi para que escrevessem separadamente por itens o que eles aprenderam na palestra de uma maneira bem objetiva, adivinhem o resultado!!!!!!!

Depois no verso pedi para que escrevessem o que tinham utilizado no trabalho (do conteúdo da palestra) e os resultados obtidos, e adivinhem de novo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

NADA !!!!

Toda vez que "mandar" seu "pessoal" para uma "palestra" não deixe de pedir que avaliem desta forma o treinamento ou palestra, se for para dar risada e pular mande em um show de humor que é milhares de vezes melhor e mais bem produzido. Isso quando o "palestrante" não faz mágicas, ou pior COPIA técnicas de outros palestrantes, aí é pra morrer.

Tenho uma sugestão para esse pessoal acessem o site http://www.marboh.com.br/clubedenadismo/ pela avaliação que tive da "palestra motivacional" é o que recomendo, faz bem contra o stress e é de graça.

Nada contra, a descontração faz parte da comunicação, mas quando é só descontração é duro, eu e o empresário medimos as vendas na semana seguinte ao "evento" e de novo NADA!

Procure profissionais com conteúdo, experiência, bagagem e peça para seu pessoal avaliar da forma como recomendo e se surpreenda!

Até a próxima, vou fazer um pouco de nadismo agora.

Lorenzo Busato

segunda-feira, 4 de maio de 2009

GRIPE SUINA ACABA COM CRISE MUNDIAL

É isso mesmo! A gripe suína (que nem é suina) acabou com a crise financeira mundial (que nem é mundial).
Agora ao ligarmos a TV só ouvimos falar nela com todos os detalhes de pandemia e exageros costumeiros que a mídia adora colocar neste tipo de notícia que rende audiência entre os catastróficos de plantão.
Estive palestrando na Segunda Convenção de Vendas de uma rede de lojas de móveis e eletro que atendo como consultor a quase dois anos e mostrei algumas telas do site do principal jornal do Paraná, na primeira como era de se esperar, tragédias, assassinatos e greves, na quarta e quinta tela, aonde só os mais perseverantes chegam, o anúncio da fusão da Perdigão com Sadia que se efetivado vai gerar outra megaempresa multinacional genuinamente brasileira. A outra notícia que me chamou a atenção já na última tela foi que a GM brasileira vai encabeçar o projeto e produção de uma nova linha de veículos e tudo aqui no Brasil, só que notícia boa aparece assim mesmo, em letras miudinhas que quase não aparecem.
Temos que filtrar o tipo de informação que lemos, vemos e ouvimos, nossos neurônios são treinados e condicionados diariamente por tudo isso e por tudo o que fazemos, não vamos cair naquele perfil do catastrófico que já acorda sintonizando o rádio no canal policial e chega no trabalho dizendo: "gente, vocês nem imaginam o acidente que deu hoje...." e sempre tem alguém que acrescenta: "e ainda tinha mais gente no outro carro...".
Mais uma vez, programe metas pessoais nos seguintes campos: familiar, religiosa, financeira, profissional e saúde, programe metas para cinco, dez anos e subdivida em metas anuais, mensais, semanais, sua cabeça automaticamente começa a filtrar o que interessa para você atingir estas metas e "treina" seus neurônios para adquirir habilidades para atingí-las.
Por que nestes campos que comentei? Se não tivermos metas profissionais perdemos o emprego e o nosso campo financeiro é atingido em seguida, sem o financeiro o familiar é abalado, o familiar se abalando vem o stress (campo da saúde) e quando afeta a saúde, falamos: "Meu Deus me ajude" (religioso) aí já pode ser tarde.

OBS.: Ia quase esquecendo: dica para se prevenir da gripe aviária, digo suína, digo qualquer uma... Corra ou ande ou pedale uma hora por dia.

É, é só isso mesmo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...